Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governador do Banco do Japão classifica a dívida pública do país como “insustentável”

Haruhiko Kuroda considera que a dívida pública do Japão, 230% do PIB, e a maior entre as economias industrializadas, é “anormal” e “insustentável”.

Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 28 de Março de 2013 às 11:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

“Acredito que é extremamente elevada [a dívida pública] e esta situação é anormal e insustentável”, afirmou o novo governado do banco central japonês Haruhiko Kuroda esta quinta-feira numa sessão parlamentar.

 

Actualmente, a dívida pública nipónica corresponde a 230%, o dobro do PIB. Para equilibrar a balança, o Governo japonês, recentemente eleito, tem apontado medidas de estímulo mais agressivas para melhorar a economia do país. Este ano, o Governo do Japão aprovou um pacote de estímulos no valor de 10,3 mil biliões de ienes (90,5 mil milhões de euros), refere a BBC.

 

As medidas de estímulo anunciadas visam alcançar uma inflação anual de 2%, num período de aproximadamente dois anos. Contudo, existe o receio de que estas medidas aumentem ainda mais a dívida pública do Japão, que é a maior entre as economias industrializadas.

Ver comentários
Saber mais Haruhiko Kuroda BoJ dívida pública Japão.
Mais lidas
Outras Notícias