Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investidores norte-americanos descontentes com Barack Obama

Muitos investidores norte-americanos olham para o presidente como um impedimento à melhoria dos níveis de investimentos. Já os estrangeiros continuam a "aprovar" Obama.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 22 de Setembro de 2010 às 11:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
Mais de três quartos dos investidores norte-americanos consideram que o seu presidente "prejudica" o investimento e estão pessimistas em relação às suas políticas, revela uma pesquisa realizada pela agência Bloomberg.

Do total de inquiridos, dois terços acreditam que os níveis de investimento serão superiores se os republicanos ganharem o controlo do Congresso nas próximas eleições de Novembro.

Metade dos investidores defendem que as condições económicas do país estariam melhor com os republicanos, 36% dizem que estaria na mesma e apenas 13% afirmam que estaria pior.

"A agenda da administração [Obama] é tão ambiciosa e o nível de alterações propostas é tão grande, que o resultado acaba por ser a incerteza", justifica o presidente da Aurora Investment Counsel, David Yucius, um dos participantes neste inquérito.

Apesar do descontentamento que Obama enfrenta em "casa", os investidores estrangeiros continuam a aprovar o presidente dos Estados Unidos. Cerca de 53% afirma que as políticas de Obama criaram o equilíbrio certo em questões económicas.

A Bloomberg refere que a popularidade de Obama fora dos Estados Unidos "não é surpreendente" já que as bolsas europeias e asiáticas têm tido um pior desempenho do que as norte-americanas.

Ainda assim, o resultado total deste inquérito – que inclui investidores norte-americanos e estrangeiros – refere que 50% dos inquiridos desaprova as políticas de Obama, uma subida face ao anterior inquérito realizado em Janeiro. Na altura, a percentagem de desaprovação era de 42%.

Ver comentários
Outras Notícias