Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Iodo radioactivo no mar do Japão 1.150 vezes acima da norma

Uma taxa de iodo radioactivo 1.150 vezes superior à norma legal foi medida numa amostra de água do mar retirada a 30 metros dos reactores 5 e 6 da central nuclear de Fukushima, anunciou hoje a Agência de segurança nuclear

Lusa 28 de Março de 2011 às 08:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Uma taxa de iodo radioactivo 1.150 vezes superior à norma legal foi medida numa amostra de água do mar retirada a 30 metros dos reactores 5 e 6 da central nuclear de Fukushima, anunciou hoje a Agência de segurança nuclear.

Até agora, os testes eram realizados a Sul da central de Fukushima Daiichi (Nº1), à saída dos reactores 1 a 4, os mais danificados, onde a taxa de iodo 131 se elevou domingo a um nível quase 2.000 vezes superior ao normal.

Os reactores 5 e 6, que estavam parados para manutenção no momento do sismo e tsunami de 11 de Março, não sofreram danos substanciais e o seu sistema de arrefecimento voltou a ser ligado à corrente eléctrica.

O porta-voz da Agência, Hidehiko Nishiyama, precisou que foram realizados testes pela empresa de electricidade que gere o complexo, a Tokyo Electric Power (Tepco), a partir de água recolhida perto destes dois reatores, construídos na parte norte da central, a cerca de 1,5 Km dos outros quatro.

"Uma taxa de iodo 131 foi detectada a um nível 1.150 vezes superior ao limite legal na água do mar recolhida perto dos reactores 5 e 6", disse Hidehiko Nishiyama numa conferência de imprensa.

Segundo a Tepco e a Agência de segurança nuclear, a radioatividade libertada no mar dilui-se com as marés e o risco sobre as algas e os animais marinhos não é significativo.

O iodo radioactivo reduz para metade a cada oito dias.

A central, situada 250 Km a nordeste de Tóquio, foi bastante danificada pelo sismo e tsunami de 11 de Março.

Os sistemas de arrefecimento de quatro reactores estão desde então avariados, provocando múltiplos incidentes e emissões radioactivas.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias