Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

José Eduardo dos Santos substitui governador do Banco Nacional de Angola

José Pedro de Morais, ministro das Finanças entre 2002 e 2008, vai substituir José de Lima Massano no cargo de governador do Banco Nacional de Angola.

Reuters
Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 16 de Janeiro de 2015 às 15:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

José Pedro de Morais é o novo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), substituindo no cargo José de Lima Massano. A decisão foi tomada pelo presidente angolano, José Eduardo dos Santos e divulgada quinta-feira através de uma nota de imprensa feita pela Casa Civil, segundo a qual a saída de José de Lima Massano surgiu a pedido deste.

 

José Pedro de Morais foi ministro das Finanças de Angola entre 2002 e 2008. Na altura era considerado com um dos jovens tecnocratas que ajudava a influenciar positivamente a imagem que externamente se tinha do país. Em 2008 foi afastado do Governo, tendo-se então noticiado que na origem do facto estariam alegadas desinteligências com o presidente da República.

 

A nomeação de José Pedro de Morais surge num ano que prevê particularmente difícil para o BNA, devido à descida do preço do petróleo, o qual é responsável por 76% das receitas fiscais obtidas pelo Governo. Um dos seus desafios será o de controlar a cedência de divisas estrangeiras aos bancos comerciais, por forma a evitar desequilíbrios no mercado cambial. Além disso terá de encontrar soluções para travar a queda do kwanza, a moeda do país, que há mais de dois meses se tem vindo a desvalorizar face ao dólar.

 

José Pedro de Morais, agora com 59 anos, goza da simpatia do Fundo Monetário Internacional, instituição onde o ocupou um lugar de director executivo entre 1996 e 2002, ano da sua nomeação como ministro das Finanças angolano. Quando saiu do Executivo fez uma travessia no deserto. Em 2013 começou a sua reabilitação política, aproximando-se do general Manuel Hélder Vieira Dias (Kopelipa), chefe da Casa Militar do presidente da República, tendo também recuperado a sua militância no MPLA, o partido no poder.

Ver comentários
Saber mais Angola José Pedro de Morais José de Lima Massano Banco Nacional de Angola
Outras Notícias