Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pedidos de subsídio de desemprego limitam ganhos em Wall Street

Mercados accionistas norte-americanos estão a reduzir os ganhos registados na negociação dos futuros depois da divulgação de que os pedidos de subsídio de desemprego aumentaram mais do que o esperado na semana passada.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As principais bolsas dos EUA estão a ser penalizadas pelos dados hoje publicados, que mostram que houve mais norte-americanos do que o previsto a candidatar-se ao subsídio de desemprego na semana passada.

Ontem, as praças do outro lado do Atlântico foram sustentadas pelo crescimento acima do previsto do número de contratados pelo sector privado norte-americano e também pela actividade industrial nos EUA, na China e na Europa, o que intensificou o optimismo em relação à economia global. Mas hoje, esse optimismo ficou abalado com os novos dados do mercado de trabalho e as bolsas norte-americanas seguem agora a ganhar menos terreno.

O índice industrial Dow Jones segue a ganhar 0,05% fixando-se nos 11.261,2 pontos. O S&P 500 avança 0,06% para se estabelecer nos 1.206,81 pontos.

Por seu turno, o índice tecnológico Nasdaq valoriza 0,12% para 2.552,48 pontos.

Ao longo do último século, o Dow Jones cresceu mais nos meses de Dezembro do que em qualquer outro mês, segundo os dados do Bespoke Investment Group. Em média, os 30 títulos do índice subiram 1,3% nos últimos 100 anos e ganharam 1,5% e 1,7% nos últimos 50 e 20 anos, respectivamente.

Ver comentários
Saber mais Wall Street Dow Jones Nasdaq S&P 500 bolsas
Mais lidas
Outras Notícias