Mundo Portugal e EUA preparam "encontros políticos de alto nível" em Junho

Portugal e EUA preparam "encontros políticos de alto nível" em Junho

Portugal e os Estados Unidos estão a preparar "encontros políticos de alto nível" durante as comemorações do "10 de Junho" naquele país, que significam uma "verdadeira invasão diplomática, pacífica e amigável", disse o chefe da diplomacia portuguesa.
Portugal e EUA preparam "encontros políticos de alto nível" em Junho
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 06 de abril de 2018 às 18:02
Junho será o mês de Portugal nos EUA e o Governo português está a organizar "uma iniciativa de uma verdadeira invasão diplomática, pacífica e amigável dos Estados Unidos pelos portugueses", afirmou esta sexta-feira, 6 de Abril, Augusto Santos Silva a legisladores luso-americanos, durante um encontro promovido pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), em Lisboa.

O ano de 2018 será "um ano-chave" para a relação entre os dois países, sublinhou o chefe da diplomacia portuguesa.

As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades vão levar o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, a várias cidades norte-americanas e estão a ser preparados "encontros políticos de alto nível muito importantes".

"Não é minha responsabilidade dizer quais, mas posso assegurar-vos que estamos a preparar reuniões políticas de alto nível", comentou Augusto Santos Silva.

Questionado depois pelos jornalistas, o chefe da diplomacia portuguesa escusou-se a esclarecer se estava a referir-se a encontros com o Presidente norte-americano, Donald Trump.

"Não falemos de hipóteses, o programa ainda está a ser preparado", disse apenas o governante, sublinhando que "o foco do programa é o contacto com as comunidades portuguesas e também a promoção cultural e económica de Portugal".

As comemorações arrancam em Boston, com Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa, e de seguida, o Presidente e o primeiro-ministro têm programas separados, estando previstas iniciativas "nas costas leste e oeste", nomeadamente fóruns económicos na Califórnia e Nova Iorque.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 07.04.2018

Mas quem e` que, da presente administracao Americana liga alguma importancia aos geringoncos de Portugal? que eles vao as comunidades, ou aglomerados portugueses separados dos outros, acredito, ate porque se passam la` ums bocados bons com uns copos e uns petiscos, ate porque no fim ha sempre um grande descurso a` portuguesa, e nada feito.

comentários mais recentes
Anónimo 07.04.2018

Mas quem e` que, da presente administracao Americana liga alguma importancia aos geringoncos de Portugal? que eles vao as comunidades, ou aglomerados portugueses separados dos outros, acredito, ate porque se passam la` ums bocados bons com uns copos e uns petiscos, ate porque no fim ha sempre um grande descurso a` portuguesa, e nada feito.

pub