Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Projectos da Cimpor no Brasil começam a ser construídos este ano

Os três investimentos anunciados vão aumentar a capacidade instalada do grupo neste país para 10 milhões de toneladas.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 17 de Agosto de 2011 às 12:06
  • Partilhar artigo
  • ...
Os três investimentos que a Cimpor vai fazer no Brasil, onde neste momento tem uma quota de mercado de 10%, vão permitir ao grupo aumentar a sua capacidade instalada neste mercado das actuais 6,5 milhões de toneladas para 10 milhões, adiantou o presidente executivo do grupo, que hoje apresentou os resultados semestrais.

De acordo com Francisco Lacerda, a Cimpor está neste momento a trabalhar nos três projectos anunciados – uma nova unidade em Caxitu, uma terceira linha em Cezarina e uma nova fábrica em Paraná, estando algumas das obras previstas começar este ano.

Estes investimentos deverão estar em operação no final de 2013, início de 2014, e permitirão elevar a capacidade do grupo das actuais 35,5 milhões de toneladas para 39 milhões.

O CEO da Cimpor reafirmou, num encontro com jornalistas, que as prioridades do grupo são de crescimento nos países onde está presente e onde vê potencial, em países próximos dos mercados onde já está, assim como na África Subsariana e na Índia.

“A Cimpor está permanentemente a analisar hipóteses e a detalhar estratégias para a África subsariana e para a Índia”, afirmou o CEO do grupo, sem avançar pormenores, excepto que em Angola o grupo não tem nada em estudo.

No primeiro semestre deste ano, Brasil, Turquia e China foram os países onde a Cimpor registou mais altas taxas de crescimento.

Pelo contrário, a actividade do grupo registou quebras em Portugal, Espanha e no Egipto.

Na Península Ibérica, e para fazer face à retracção do mercado, a Cimpor tem levado a cabo medidas de racionalização, que passam pelo encerramento de centrais de betão e redução de efectivos.

Ver comentários
Saber mais Cimpor Brasil
Outras Notícias