África Rei da Suazilândia muda nome do país para Reino de eSwatini

Rei da Suazilândia muda nome do país para Reino de eSwatini

O rei da Suazilândia anunciou quarta-feira que vai mudar o nome do país para Reino de eSwatini. Uma das razões invocadas foi a confusão, em inglês, entre a Suazilândia e a Suíça.
Rei da Suazilândia muda nome do país para Reino de eSwatini
Reuters
Pedro Curvelo 20 de abril de 2018 às 14:35

O rei Mswati III fez o anúncio da mudança de nome do país num estádio, durante as comemorações do 50º aniversário da independência da Suazilândia.

O novo nome, eSwatini, significa "terra dos Swazis". Apesar do anúncio ser inesperado, o monarca já se tinha referido ao país desta forma, nomeadamente em 2014, na abertura do ano parlamentar, e na assembleia-geral da ONU.

Entre os motivos apresentados para a mudança de nome, o rei referiu a vontade de romper com o nome usado nos tempos coloniais. Mais curioso foi outro argumento: "Quando viajamos para o estrangeiro, muitas pessoas referem-se ao nosso país como Suíça [uma alusão ao nome dos dois países em inglês: Swaziland e Switzerland]".

A Suazilândia é uma das poucas monarquias absolutistas em todo o mundo, tendo uma área de 17.364 quilómetros quadrados e fazendo fronteira com Moçambique e África do Sul.

O rei Mswati III, que celebrou 50 anos na quinta-feira, tem 15 esposas. O seu pai, Sobhuza II, que reinou durante 82 anos, teve 125 esposas.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI