Mercados Trump ameaça com tarifas de 20% sobre importações de carros europeus

Trump ameaça com tarifas de 20% sobre importações de carros europeus

Donald Trump escreveu um tweet no qual ameaça a União Europeia de novas tarifas, desta vez sobre as importações do sector automóvel. Isto, caso o bloco não recue nas sanções que avançou esta sexta-feira.
Ana Batalha Oliveira 22 de junho de 2018 às 16:03
O presidente dos EUA continua a lançar ameaças comerciais em várias frentes. Esta sexta-feira, a visada foi a União Europeia.

"Tendo em conta as tarifas e barreiras comerciais aplicadas pela UE aos EUA e às suas grandes empresas e funcionários, caso estas não sejam quebradas e retiradas, nós avançaremos com uma tarifa de 20% em todos os carros a dar entrada nos EUA. Construam-nos aqui!", declarou o presidente na sua conta oficial do Twitter.


A chantagem de Trump surge no dia em que a União Europeia decidiu retaliar as tarifas dos EUA, que incidem sobre o aço e alumínio europeus, com uma taxa de 25% sobre  cerca de 100 produtos norte-americanos, entre eles sumo de laranja, milho doce, 'bourbon', manteiga de amendoim, arroz e calças de ganga. A decisão do bloco foi conhecida esta quarta-feira, e a comissão estimava que o impacto na economia norte-americana se ficasse pelos 2,8 mil milhões de euros.

As tarifas de sobre o aço e alumínio importados da UE já estão em vigor desde 1 de Junho, e ascendem aos 25% e 10%, respectivamente. O impacto destas nas economias dos estados membros é substancialmente superior: 6,4 mil milhões de euros.

Cotações do sector automóvel europeu já sofrem

Os mercados já estão a reagir à "fúria" de Trump. O índice que agrega as principais cotadas do sector automóvel europeu está a cair mais de 1%. A empresa que mais perde é a Fiat Chrysler, cujos títulos descem agora 2,82%, mas também a Ferrari vê um travão de 1,89% no valor dos títulos. Volkswagen e Daimler caem pouco mais de 1,20%. 

Evolução intradiária do índice das principais cotadas do sector europeu
Fonte: Bloomberg

Marcas como a Peugeot e a Renault escapam ao terreno negativo, apesar da aceleração ser ligeira. Peugeot soma 0,25% e a Renault valoriza 0,21%. 

(Notícia actualizada às 16:27 com mais informação)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI