Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trump: "Qualquer ataque" iraniano terá uma resposta de "uma força enorme e esmagadora"

O Twitter é palco de novas ameaças dos Estados Unidos ao Irão: o presidente norte-americano põe a hipótese de "obliterar" a nação iraniana caso esta volte a atacar os EUA, dependendo do campo em que se dê o ataque.

EPA
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 25 de Junho de 2019 às 17:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, respondeu através do Twitter às recentes acusações do Irão, que considerou a Casa Branca uma "atrasada mental". Trump garantiu que responderá a "qualquer ataque" iraniano com "uma força enorme e esmagadora" que pode escalar ao nível da "obliteração".

"A acusação muito ignorante e insultante do Irão, divulgada hoje, só demonstra que eles não percebem a realidade. Qualquer ataque da parte do Irão a qualquer coisa americana será contestado com uma força enorme e esmagadora. Em algumas áreas, esmagador poderá significar obliteração. Chega de John Kerry e Obama!", escreveu o presidente dos Estados Unidos na sua conta Twitter.

Esta publicação segue-se a duas outras que formam uma sequência de reparos ao Irão. Na primeira, Trump relembra a força militar americana, na qual diz ter investido 1,5 biliões de dólares no conjunto dos últimos dois anos. Na segunda, o presidente norte-americano faz referência a antigos ataques bombistas da autoria do Irão que terão provocado a morte de 2.000 cidadãos americanos e lamenta o sofrimento do "maravilhoso" povo iraniano, por o seu Governo despender "todo o seu dinheiro" em ações de terror.

O Irão revelou esta terça-feira, 25 de junho, que as sanções norte-americanas impostas ao líder supremo do país, Ayatollah Ali Khamenei, e a outras figuras do regime significam que fica fechado de forma permanente o canal diplomático entre Washington e Teerão. Mais tarde, num discurso emitido pela televisão estatal iraniana, o presidente iraniano Hassan Rouhani descreveu a Casa Branca como "atrasada mental", um insulto que o Irão já usou no passado sobre Donald Trump, de acordo com a Reuters.

Nas mesmas declarações à televisão, o presidente iraniano garantiu que a estratégia do Irão será "paciente", depois de o presidente norte-americano ter assinado um decreto onde aplica novas sanções ao Irão com o objetivo de obrigar Teerão a "abandonar as suas atividades [nucleares] perigosas".

A Casa Branca também referiu que haverá sanções ao ministro dos Negócios Estrangeiros até ao final desta semana. 

Ver comentários
Saber mais Donald Trump Irão Casa Branca Twitter Teerão política distúrbios guerras e conflitos política nuclear armamento conflitos (geral) Estados Unidos Hassan Rouhani Barack Obama Nuclear
Mais lidas
Outras Notícias