Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street acompanha petróleo e Europa no vermelho

As bolsas americanas iniciaram a sessão de terça-feira a cair, contrariando o fecho positivo de segunda-feira. Os índices das praças da maior economia do mundo seguem a tendência europeia.

Reuters
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 13 de Setembro de 2016 às 14:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As bolsas americanas começaram a sessão de terça-feira em baixa. É um desempenho que replica o comportamento negativo das praças europeias e chinesa e que também acompanha a queda dos preços do petróleo.

O índice Dow Jones cai 0,50% para 18.233,78 pontos ao passo que o tecnológico Nasdaq recua 0,60% para 5.180,789 pontos. Já o S&P marca uma desvalorização de 0,69% para 2.144 pontos. A banca é o sector que mais penaliza o Dow Jones, com o Citigroup a ceder 1,53% e o JPMorgan e o Bank of America a caírem em torno de 1%. 

A abertura em terreno negativo contraria a subida dos índices americanos na sessão anterior. "A reacção positiva do mercado de ontem foi demasiado positiva e os investidores estão agora a recuar", explicou à Bloomberg o analista Christian Zogg, da LLB Asset Management. Antes do dia positivo de ontem, na semana passada, as quedas tinham sido intensas.

 

Na Europa, os índices seguem quase todos no vermelho, com o Stoxx Europe 600, índice que reúne as 600 empresas mais significativas do Velho Continente, a ceder 0,16%.

 

Neste momento, o custo do dinheiro continua a ditar a evolução dos mercados accionistas. Qual o ritmo da subida das taxas de juro nos Estados Unidos? Não se sabe mas é a pergunta que tem feito os mercados tremer. Esta segunda-feira, Lael Brainard, que pertence à Reserva Federal norte-americana, pediu prudência, o que foi entendido como o afastamento da hipótese de aumento dos juros na reunião da próxima semana, contrariando os comentários feitos pelo responsável da Fed de Boston, Eric Rosengren, que mostrou disposição para um agravamento dos juros.

 

Wall Street segue, no arranque de sessão desta terça-feira, o preço dos petróleos nos mercados internacionais - continuam os receios de que haja um excesso de oferta de matéria-prima. Em Nova Iorque, o barril de West Texas Intermediate está a ser negociado por 45,37 dólares, uma queda de 1,99% face ao fecho de ontem. O barril de Brent do Mar do Norte, transaccionado em Londres, perde 1,47% para 47,61 dólares. 


(Notícia actualizada pela última vez às 14:49 com mais informações)
Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsas americanas Nasdaq S&P 500 Fed Reserva Federal
Mais lidas
Outras Notícias