Américas Yellen: Retoma pode estar a ser atrasada pelo mau tempo

Yellen: Retoma pode estar a ser atrasada pelo mau tempo

A presidente da Fed explicou que o clima rigoroso que se fez sentir neste Inverno poderá ter afectado a actividade económica. A política de austeridade também pesa e as medidas expansionistas irão continuar em vigor.
Yellen: Retoma pode estar a ser atrasada pelo mau tempo
Hugo Paula 27 de fevereiro de 2014 às 19:51

Janet Yellen afirmou que a política expansionista conduzida pela Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos da América é para continuar, embora a autoridade a que preside continue a reduzir o montante das compras mensais de obrigações, na comissão de banca do Senado.

 

A Fed reduziu o montante de compra de obrigações pela primeira vez em Dezembro e as compras de obrigações deverão terminar no Outono. O impacto da política expansionista tem sido atrasado pela política orçamental, disse, contudo o efeito orçamental será mitigado ao longo do ano.

 

“A pressão deverá diminuir substancialmente durante o corrente ano mas, ainda assim, existe alguma pressão”, referiu. “Claro que os resultados da política monetária têm sido mais lentos devido à política orçamental”.

 

A presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana disse ainda que a o tempo anormalmente frio estará a atrasar a recuperação da maior economia do mundo. O impacto das condições climatéricas na retoma é difícil de quantificar.

 

“Desde a minha última presença nesta comissão, foram divulgados um conjunto de dados económicos que têm apontado para um nível de despesa privada menor do que esperado”, disse a presidente da Fed ao comité de banca do Senado, citada pela CNBC.

 

“Parte dessa fragilidade pode reflectir as condições meteorológicas adversas, mas nesta altura é difícil discernir em quanto”, referiu. “Nas próximas semanas e meses, os meus colegas e eu estaremos atentos a sinais que nos digam se a recuperação está a evoluir em linha com as nossas expectativas”.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI