Política Monetária Argentina sobe juros para 33,25%

Argentina sobe juros para 33,25%

No espaço de uma semana o banco central da Argentina anunciou dois aumentos de juros surpresa. A taxa directora supera os 33%. O objectivo é estabilizar o peso e travar a inflação para os 15%.
Argentina sobe juros para 33,25%
Reuters
Negócios 03 de maio de 2018 às 18:51

O banco central da Argentina anunciou o segundo aumento de juro no espaço de uma semana. Em ambos os casos os investidores foram apanhados de surpresa. A taxa de juro subiu de 30,25% para 33,25%, revelou a instituição, citada pela Reuters.

 

Há precisamente uma semana, a taxa de juro que vigorava na Argentina era de 27,25%.

 

O banco central adiantou que poderá voltar a subir o preço do dinheiro, tudo tendo um objectivo em mente: que a taxa de inflação atinja os 15% em 2018. O último dado da inflação conhecido refere-se a Fevereiro, com a taxa a 12 meses nos 25,4%.

 

Além de querer travar a subida dos preços no consumidor, o banco central também quer fortalecer a moeda nacional, com o peso a atingir o valor mais baixo de sempre contra o dólar.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI