Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE pretende subidas das taxas de juro em 25 pontos base apesar da pressão da inflação

Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, explica que não deverá existir um aumento em 50 pontos base dado que a economia europeia está a caminho de uma normalização.

Philip Lane
DR
Negócios jng@negocios.pt 30 de Maio de 2022 às 14:09
  • Partilhar artigo
  • 15
  • ...

O Banco Central Europeu deve aumentar as taxas de juro em 25 pontos base em julho e setembro, conforme anunciado pelo economista-chefe do BCE, Philip Lane.

Numa entrevista concedida ao jornal espanhol Cinco Dias, Lane explicou que "a normalização tem um foco natural em movimentos de 25 pontos base, por isso aumentos de 25 pontos base são um ritmo de referência". Esta é uma previsão em linha com as palavras de Christine Lagarde, presidente do órgão supervisor, na semana passada.

Membros do conselho do BCE tinham tornado pública a ideia de um aumento em 50 pontos base das taxas de juro, seguindo o exemplo da Fed, mas o economista-chefe explicou que a avaliação da situação pede uma "aproximação à normalização" e não uma subida tão elevada.

Os comentários de Philip Lane surgem depois de terem sido tornado públicos os dados da inflação na Alemanha, a maior economia europeia, e em Espanha, que vieram aumentar a pressão sobre o BCE.

Na Alemanha, os preços subiram 8,7% em maio em termos homólogos, um máximo histórico e acima das estimativas dos analistas, que apontavam para uma subida de 8,1%. Já no país vizinho, os preços escalaram 8,5%, o valor mais elevado desde 1995.

Ver comentários
Saber mais BCE Banco Central Europeu Philip Lane juros política monetária
Outras Notícias