Política Monetária Powell: "Tenho um mandato de quatro anos que pretendo cumprir"

Powell: "Tenho um mandato de quatro anos que pretendo cumprir"

O presidente da Reserva Federal respondeu a Donald Trump e defendeu Mario Draghi.
Powell: "Tenho um mandato de quatro anos que pretendo cumprir"
Reuters
Negócios 19 de junho de 2019 às 20:11

Jerome Powell tem sido alvo de violentos ataques por parte do presidente dos Estados Unidos, que culpa a Reserva Federal (Fed) pelo crescimento mais débil da economia norte-americana.

 

Donald Trump tem feito inúmeras declarações a criticar Powell e ontem a Bloomberg noticiou que a Casa Branca analisou em fevereiro a legalidade de despromover o presidente da Fed.

 

Instado esta quarta-feira a comentar as declarações de Trump, Powell disse apenas: "penso que a lei é clara" e determina que "eu tenho um mandato de quatro anos" o qual tenho "a intenção total de cumprir".

 

O presidente da Fed também se mostrou contra Trump nas críticas que este fez a Mario Draghi, presidente do BCE. "Os bancos centrais em todo o mundo estão apenas cumprir o seu mandato doméstico", disse Powell na conferência de imprensa que se seguiu ao anúncio da manutenção da taxa de juro.

 

As críticas de Trump incidiram sobre a desvalorização da moeda única europeia, a qual se verificou na sequência do discurso do presidente do BCE, Mario Draghi, também em Sintra, que admitiu mais medidas de estímulos económicos e abriu a porta à descida de juros na região.

No Twitter, Donald Trump reagiu rapidamente, comparando indiretamente a Zona Euro à China na manipulação da moeda: "Mario Draghi acaba de anunciar mais estímulos, o que imediatamente desvalorizou o euro em relação ao dólar, tornando injustamente mais fácil para eles concorrerem contra os EUA. Fazem-no de forma impune há anos, juntamente com a China e outros".




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI