Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O PSD será derrotado nas eleições autárquicas?

É muito provável, mas a história aconselha prudência nos prognósticos. Em 2001, foi um desastre autárquico que fez o segundo Governo de António Guterres cair; mas nas últimas eleições camarárias, em 2009, o PS, que tinha sido "castigado" nas legislativas realizadas uma semana antes, onde perdeu a maioria absoluta, conseguiu recuperar várias câmaras ao PSD – 22, no total.

Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 27 de Dezembro de 2012 às 13:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

É muito provável, mas a história aconselha prudência nos prognósticos. Em 2001, foi um desastre autárquico que fez o segundo Governo de António Guterres cair; mas nas últimas eleições camarárias, em 2009, o PS, que tinha sido "castigado" nas legislativas realizadas uma semana antes, onde perdeu a maioria absoluta, conseguiu recuperar várias câmaras ao PSD – 22, no total.

Os social-democratas são actualmente a maior força no poder local, com 139 câmaras, mas o PS está muito perto, com 132. Se os eleitores quiserem penalizar o Governo, é muito provável que o PSD perca um número elevado de câmaras. Uma grande derrota seria o equivalente a perder 20 a 30 câmaras, estimam alguns autarcas ao Negócios.

Além do significado político que essa derrota teria, os social-democratas perderiam a presidência da Associação Nacional de Municípios, que conquistaram precisamente em 2001, e da Anafre, onde estão dois autarcas da sua cor política.

A ajudar a um mau resultado do PSD está a reforma autárquica. Basta lembrar o processo de extinção de freguesias, que vai cortar 1.174 das actuais 4.260 freguesias. Para além dos vários protestos públicos, o Governo recebeu críticas de todos os partidos, incluindo do PSD. Foram, aliás, prometidos vários boicotes às eleições de Outubro do próximo ano.

 

Limitação de mandatos promete polémica

Nas autárquicas do próximo ano, a maioria dos autarcas vai ser remodelada, por estar no cargo há mais de três mandatos consecutivos. Alguns "dinossauros", como Mesquita Machado, em Braga, ou Jaime Soares, em Vila Nova de Poiares, vão ser obrigados a sair de cena e a dar lugar a caras novas (ou nem por isso). Por um lado, isso poderá prejudicar os partidos desses autarcas, habituados a vitórias garantidas. Por outro, as opiniões dividem-se sobre os efeitos da lei quanto a candidaturas destes autarcas a outros municípios. Prevêem-se algumas batalhas judiciais em Outubro, em que cada tribunal fará a sua interpretação.

Ver comentários
Saber mais outlook 2013 PSD eleições autárquicas
Outras Notícias