Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Almeida Henriques diz que sai do Governo com consciência de dever cumprido

O secretário de Estado Adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, António Almeida Henriques, assegurou hoje sair do cargo para se candidatar à Câmara Municipal de Viseu com a consciência do dever cumprido.

A carregar o vídeo ...
15926217.flv
Negócios 26 de Março de 2013 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

"Tenho a consciência de que cumpri o meu dever enquanto governante, sendo que o contributo para o país se dá no Governo, mas também se pode dar nas empresas e no poder autárquico", afirmou.

 

À margem da assinatura de protocolos de investimento em projectos de protecção do litoral, em Lisboa, António Almeida Henriques anunciou que irá continuar em funções até 15 de maio, confirmando aos jornalistas que apresentou a sua demissão ao ministro da Economia e ao primeiro-ministro na segunda-feira.

 

"Continuarei com a minha função e com a consciência de que ao longo destes 20 meses dei o melhor de mim e do ponto de vista entusiástico, quer em defesa das PME [pequenas e médias empresas], quer na vertente da revitalização de empresas", assegurou.

 

Outros exemplos do seu trabalho, segundo o ainda secretário de Estado, foi o processo de reestruturação do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) e medidas para ajudar famílias sobre-endividadas.

 

Questionado sobre se este seria um sinal de remodelação no Governo, Almeida Henriques recusou e afirmou que se trata de uma "decisão pessoal e aceite pelo primeiro-ministro".

"Vou assegurar o normal funcionamento dos dossiês que tenho sob a minha responsabilidade e, com normalidade, irá fazer-se o processamento dos meus dossiês para membros do próprio ministério", disse.

 

A candidatura nas próximas eleições autárquicas acontece, de acordo com Almeida Henriques, devido a um "amplo apelo da sociedade visiense, das estruturas do partido e do próprio presidente da câmara, o doutor Fernando Ruas", do PSD.

 

"Estimularam-me fortemente a abraçar este desígnio de me candidatar e de poder liderar um projecto de desenvolvimento para Viseu e para o concelho", justificou.

 

Almeida Henriques referiu que nos últimos dias houve um "crescendo do apelo".

 

"Ponderadas as circunstâncias, entendi que era o momento de dedicar os próximos anos à minha cidade e ao meu concelho", concluiu.

 

De acordo com uma nota do gabinete do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho proporá oportunamente ao Presidente da República a exoneração de Almeida Henriques e não o substituirá.

Ver comentários
Saber mais Almeida Henriques
Mais lidas
Outras Notícias