Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Costa afirma que debates quinzenais propostos por Seguro são uma ideia "estúpida"

António Costa afirmou esta quinta-feira que os debates quinzenais no Parlamento - um modelo pensado por António José Seguro na reforma do regimento da Assembleia da República, aprovado em 2007 - são uma invenção "estúpida".

Correio da Manhã
Negócios 08 de Novembro de 2013 às 09:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 44
  • ...

"É uma das invenções mais estúpidas que a Assembleia da República fez nos últimos anos", disse António Costa no programa da SIC Notícias, "Quadratura do Círculo", citado pelo jornal "i".

 

"Não sei quem foi [que propôs o modelo], mas as ideias são estúpidas independentemente de quem as tem", afirmou o Presidente da Câmara de Lisboa, quando confrontado com o facto de a proposta ter sido feito pelo líder socialista. 

 

Para António Costa, os debates quinzenais na Assembleia da República desempenham um papel central na "deterioração cada vez mais acentuada das relações entre os principais locutores" políticos. Esse confronto, referiu ainda o autarca socialista, "tornou-se um duelo e esse duelo é fatal". "A democracia e os consensos não se conseguem com duelos", disse António Costa no programa da SIC Notícias.

 

O jornal "i" destaca ainda da intervenção de António Costa no programa o momento em que este afirma que "quando a principal exposição das diferenças políticas tem o objectivo de matar o adversário, isto tem consequências".

 

Costa considera que os debates quinzenais no Parlamento condicionam a "possibilidade da eficácia da consensualização política" e atribui a falta de consenso entre o PS e o Governo à necessidade de o líder socialista mostrar clivagens relativamente ao primeiro-ministro na Assembleia da República, porque "é o que abre o telejornal", destaca ainda o jornal "i".

 

Em Julho de 2007, altura em que foi aprovado o actual regimento da Assembleia da República, António José Seguro destacou que os debates quinzenais permitiriam uma "maior centralidade do Parlamento no debate político".

 

Esta proposta criticada por Costa constava de um relatório com mais de 90 recomendações para a reforma do Parlamento, apresentado por António José Seguro a 3 de Maio de 2007. 

Ver comentários
Saber mais Assembleia da República António Costa António José Seguro
Outras Notícias