Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Arménio Carlos: BCE é "principal fomentador" da especulação financeira na Europa

O secretário-geral da CGTP acusou hoje o Banco Central Europeu (BCE) de ser o "principal fomentador" da especulação financeira na Europa, por emprestar dinheiro a grupos financeiros que depois o voltam a emprestar com ganhos nos juros.

Lusa 14 de Novembro de 2012 às 19:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
"[O BCE] Empresta dinheiro a 18 grupos financeiros a 0,75% de juro para que estes depois venham cobrar 10 e 15 vezes mais ao Estado. Emprestem dinheiro directamente aos Estados", pediu Arménio Carlos, em declarações aos jornalistas em dia de greve geral. Portugal, diz o sindicalista, pouparia quatro mil milhões de euros em juros se o BCE mudasse a sua política, "e esse dinheiro tanta falta faz ao país", lembrou.

O sindicalista falava em frente à Assembleia da República pelas 16:30, cerca de duas horas antes da polícia ter iniciado uma carga contra os manifestantes que se encontravam junto ao local, utilizando bastões e cães para afastar as pessoas da escadaria.

A greve geral de hoje "é uma das maiores de sempre", disse Arménio Carlos, lembrando que tal resulta do combate dos trabalhadores contra "o medo e a resignação". "Esta é uma das maiores greves gerais de sempre", afirmou o secretário-geral da CGTP-IN, a central sindical que convocou a paralisação para o dia de hoje.

Em Portugal, lembrou, "57 desempregados em cada 100 não têm qualquer protecção social". "Isto é imoral, é desumano", criticou, elogiando contudo que as pessoas "não perderam a esperança" num melhor futuro com diferentes políticas.

A central sindical aprovou hoje uma resolução onde reafirma o seu "empenhamento no reforço da unidade na acção de todos os trabalhadores" numa "resposta cada vez mais ampla e forte contra a ofensiva desencadeada pela política do Governo PSD/CDS-PP e as posições retrógradas do grande patronato".

A CGTP marcou também hoje uma "grande concentração" a realizar novamente em frente à Assembleia da República no dia 27 de Novembro, data para a aprovação final do Orçamento do Estado para 2013.

Também presente na manifestação, o deputado do PCP Miguel Tiago criticou o "caminho das 'troikas'" e do "cortar dos direitos dos portugueses", declarando que "a luta tem de se desenvolver" até ao "travar" dessas políticas.

Já o ex-dirigente bloquista Daniel Oliveira diz que esta foi uma "excelente greve geral", mas advertiu que "isto vai piorar muito a partir de Janeiro" e é importante que não haja desmobilização dos cidadãos.

Ver comentários
Saber mais Arménio Carlos CGTP BCE especulação crise
Outras Notícias