Política Bolsonaro abandona PSL para criar novo partido

Bolsonaro abandona PSL para criar novo partido

O novo partido vai chamar-se Aliança pelo Brasil e tudo indica que estará pronto para lançar candidatos nas eleições municipais de 2020.
Bolsonaro abandona PSL para criar novo partido
Reuters
Sábado 12 de novembro de 2019 às 21:54
O presidente brasileiro Jair Bolsonaro anunciou esta terça-feira que está de saída do partido que permitiu a sua eleição, o PSL, para criar um novo, chamado Aliança pelo Brasil. A informação foi avançada pelo jornal Estadão, que fala de uma reunião organizada por Bolsonaro no Palácio do Planalto. O presidente fica assim oficialmente afastado de qualquer força política, algo que não acontecia desde a redemocratização, em 1988. 

Bolsonaro será o presidente do novo partido, que contará com outros sociais-liberais, como a deputada Bia Kicis ou o deputado Daniel Silveira. A equipa espera entregar as 500 mil assinaturas exigidas pelo Tribunal Superior Eleitoral para a criação de um novo partido até março de 2020. O objetivo é conseguir ter candidatos para as eleições municipais de 2020. 

A decisão de romper com o seu partido terá surgido no princípio de outubro, após o presidente do PSL, Luciano Bivar, o ter acusado de corrupção na campanha, como a promoção de candidaturas falsas de deputadas do género feminino, e desorganização no grupo parlamentar. 

Jair Bolsonaro juntou-se ao partido no ano passado e tornou-o a segunda força política do país, sendo que antes o PSL tinha apenas um deputado eleito. Atualmente tem mais de 50.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI