Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cavaco diz que nenhum partido que o apoia colocou "qualquer condição"

O candidato presidencial Aníbal Cavaco Silva garantiu hoje que nenhum dos três partidos que apoiam formalmente a sua candidatura a Belém lhe colocou "qualquer condição", reiterando que será "isento e imparcial" e não interferirá na luta partidária.

Lusa 16 de Novembro de 2010 às 11:33
  • Partilhar artigo
  • ...
Em declarações aos jornalistas à saída da sede de candidatura, em Lisboa, depois de ter estado reunido durante meia hora com o líder do PSD, que foi transmitir o apoio formal dos sociais-democratas, Cavaco Silva lembrou que são já três os partidos que apoiaram formalmente a sua recandidatura: o PSD, o CDS-PP e o MEP.

Contudo, sublinhou que nenhum "colocou qualquer condição" para dar esse apoio.

"Todos sabem que serei rigorosamente isento e imparcial em relação a todas as forças políticas, que não interfiro na luta partidária", reiterou Cavaco Silva.

Sustentando que o chefe de Estado "está acima de todos os partidos", Cavaco Silva voltou também a prometer que será Presidente de todos os portugueses.

"Todos sabem que serei Presidente de todos os portugueses, como já o demonstrei ao longo do meu mandato", realçou.

No final do encontro, Cavaco Silva e o líder do PSD não aparecerem juntos perante os jornalistas, com Pedro Passos Coelho a ser o primeiro a sair da sede e a falar à comunicação social.

Já depois de Passos Coelho ter saído, surgiu então Cavaco Silva, que fez apenas uma breve declaração aos jornalistas, escusando-se a responder a perguntas.

Ver comentários
Outras Notícias