Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CDS tem “posição construtiva” em relação à proposta de Cavaco Silva

Líder da bancada parlamentar do CDS, Nuno Magalhães, diz que o partido “sempre defendeu” a importância de um “diálogo abrangente” entre os partidos do arco da governação.

Bruno Simão/Negócios
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 11 de Julho de 2013 às 19:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

Nuno Magalhães apresentou esta tarde aos jornalistas, no Parlamento, as duas principais conclusões da reunião da comissão executiva do CDS, que reuniu de emergência para analisar a proposta do Presidente da República, se ser encontrado um “compromisso de salvação nacional” entre os três partidos que assinaram o memorando de entendimento.

 

O líder da bancada parlamentar do CDS lembrou que o partido liderado por Paulo Portas “sempre defendeu" que era especialmente importante a existência de um “diálogo abrangente e alargado entre os partidos” do arco da governação.

 

“Tendo o Presidente da República tomado essa iniciativa”, o CDS manifesta uma "posição de princípio construtiva" em relação a essa mesma proposta, afirmou Nuno Magalhães.

 

O Presidente da República rejeitou esta quarta-feira a proposta de governação que foi apresentada por Passos Coelho e pelo presidente do CDS.

 

Sem comentar directamente esta recusa, Nuno Magalhães afirmou que o CDS “contribuiu ao mais alto nível para propor um solução governativa estável, abrangente e duradoura”, que permitiria concluir programa assistência financeira e cumprir a legislatura.

 

As declarações de Nuno Magalhães, sem direito a perguntas dos jornalistas, surgem já depois de Paulo Portas ter reunido em Belém com o Presidente da República, no âmbito das audiências que Cavaco Silva está a ter, no âmbito do “compromisso de salvação nacional” entre os três partidos que assinaram o memorando de entendimento. Seguro e Passos Coelho também estiveram em Belém. 

Ver comentários
Saber mais CDS Nuno Magalhães
Outras Notícias