Política CM: Além de Maria Luís, há mais 38 deputados com ordenado extra

CM: Além de Maria Luís, há mais 38 deputados com ordenado extra

A maioria dos deputados com actividade remunerada fora da Assembleia da República são advogados. A bancada do PSD é a mais representada com 21 deputados, avança o CM.
CM: Além de Maria Luís, há mais 38 deputados com ordenado extra
Bloomberg
Negócios 07 de março de 2016 às 09:02

Maria Luís Albuquerque é apenas a mais recente deputada com um trabalho além do Parlamento. A antiga ministra das Finanças foi contratada pela Arrow Global, uma gestora britânica de dívida, mas há mais 38 parlamentares com trabalho fora da vida legislativa. São 16,5% do total dos 230 deputados, noticia o Correio da Manhã, esta segunda-feira, 7 de março.

A maioria são advogados (21) e professores (6). Por partidos, o PSD (21 deputados) é a bancada mais representada, com o Bloco de Esquerda a ficar de fora. Segue-se o PS (11 deputados), o CDS-PP (5) e o PCP (1).

No entanto, nem todos os 230 deputados preencheram o seu registo de interesses, pelo que pode haver mais a acumular a função de deputado com outras actividades remuneradas.

Feitas as contas, um deputado tem um ordenado mensal base de 3.624 euros, mas o valor pode subir para mais de cinco mil euros brutos com as ajudas de custo. Após descontos, recebem 3.500 euros e, se optarem pelo regime de exclusividade, recebem mais 300 euros por mês.

A antiga ministra vai receber 100 mil euros por ano na gestora britânica de dívida. O salário-base de Maria Luís Albuquerque será de 58 mil euros por ano, a que acrescem cerca de 10 mil euros pela participação em reuniões dos vários comités daquela empresa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI