Política Costa: "Obviamente que se fosse deputado do PS votaria contra" a descida do IVA na tourada

Costa: "Obviamente que se fosse deputado do PS votaria contra" a descida do IVA na tourada

O primeiro-ministro admitiu que foi apanhado de surpresa pela proposta dos socialistas para reduzir o IVA das touradas para 6%. Costa afirmou que votaria contra se fosse deputado.
Costa: "Obviamente que se fosse deputado do PS votaria contra" a descida do IVA na tourada
Duarte Roriz/Cofina
Sábado 15 de novembro de 2018 às 18:48
O primeiro-ministro assumiu ter ficado "muito surpreendido com a proposta do PS" e demonstrou o seu interesse em que a medida seja chumbada no Parlamento, admitindo que, se fosse deputado, votaria contra, deixando o IVA para as touradas nos 13%.

"Obviamente que se fosse deputado do PS votaria contra e tenho a esperança que a proposta apresentada pelo Governo na Assembleia da República" de manutenção do IVA seja aprovada.

Costa deixou o aviso de que a política fiscal do Governo "não é uma matéria de consciência" e que, portanto, não pode depender das opiniões pessoais de cada deputado sobre touradas. Mas reforçou ainda que o grupo parlamentar do PS é "autónomo" do Governo, mas que no entanto espera que a sua proposta seja "vencedora".

Carlos César anunciou esta quinta-feira, 15 de Novembro, que o PS vai propor que as corridas de toiros paguem apenas 6% de IVA, como todos os espectáculos culturais. O anúncio foi feito pelo líder parlamentar socialista no final de uma reunião da bancada durante a qual, garantiu César, a discussão do tema "não demorou mais do que 10 minutos".



Saber mais e Alertas
pub