09 de outubro de 2019 às 12:30
Livre afasta acordo bilateral. Só aceita compromisso multilateral
Livre afasta acordo bilateral. Só aceita compromisso multilateral
António Costa saiu da sede do Livre com a garantia de que a deputada Joacine Katar Moreira não contempla nenhum tipo de convergência bilateral com o PS ou outras forças políticas.

"Não estamos disponíveis para conversas bilaterais", disse a deputada eleita pelo Livre que, contudo, mantém a porta aberta a um diálogo alargado com toda a esquerda que permita criar uma espécie de "união à esquerda". 

"Isto foi o início de um diálogo que consideramos absolutamente necessário à esquerda e valorizamos imensamente a visita do sr. primeiro-ministro ao nosso partido, especialmente o interesse numa hipótese de trabalho com um partido com uma única deputada", acrescentou citada pela Lusa.

Apesar de dar prioridade a um acordo multilateral entre vários partidos, o Livre mantém "todo o interesse em contactar e falar com todos os partidos políticos com uma ótica democrática", acrescentou Joacine lembrando o convite já feito às outras forças de esquerda com vista ao diálogo.

No entender do Livre, é importante assegurar uma governação para a legislatura, uma vez que Joacine Katar Moreira defende que no domingo os portugueses votaram nesse sentido e não apenas para um Governo a dois anos.