Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Defesa de Mexia acusa MP de “julgamento sumário”

A defesa de Mexia e Manso Neto lança várias críticas ao Ministério Público (MP), considerando que o agravamento das medidas de coação é ilegal e o objetivo é promover um “julgamento sumário”. E tentam segurar as cadeiras de CEO recusando ser equiparados a gestores públicos.

Manso Neto, CEO da EDP Renováveis, e António Mexia, CEO da EDP, foram constituídos arguidos em 2017. Mafalda Santos
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

A defesa de António Mexia e Manso Neto entregou na segunda-feira o contraditório às medidas de coação propostas pelo Ministério Público. Ao longo do documento de mais de 170 páginas, a que o Negócios teve acesso, são várias as críticas ao trabalho realizado pelo MP nos oito anos de investigação no chamado Caso EDP.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais António Mexia Manso Neto Ministério Público EDP Carlos Alexandre
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias