Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Eurosondagem: PS continua à frente mas com uma distância menor da coligação PSD/CDS

O PS continua sem conseguir descolar face à coligação entre o PSD e o CDS. A sondagem da Eurosondagem para o Expresso e a SIC mostra que os partidos do Governo foram os que mais subiram, estando agora a apenas 2,1 pontos da coligação.

Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago dsantiago@negocios.pt 10 de Julho de 2015 às 15:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 48
  • ...

A última sondagem da Eurosondagem para o Expresso e a SIC volta a colocar o PS e a coligação PSD/CDS numa luta renhida pela vitória nas próximas legislativas. No estudo da Eurosondagem referente a Julho, o PS cai ligeiramente (-0,2 pontos) para 36,7% das intenções de voto, enquanto PSD e CDS são os que mais sobem (+1,3 pontos) face à sondagem de Junho para os 34,6%.

 

A distância entre o maior partido da oposição e os partidos do Governo cai para 2,1 pontos percentuais, num estudo cujo erro máximo da amostra é de 3,06%. Se há algo que as sondagens da Eurosondagem vêm sugerindo de forma sistemática nos últimos meses é que os socialistas não conseguem descolar da aliança entre os partidos liderados por Passos Coelho e Paulo Portas, e que um cenário de maioria absoluta é uma possibilidade ainda remota.

 

Apesar de uma ligeira descida, a CDU mantém a terceira posição com 10,2% das intenções de voto. Em sentido inverso, o BE consegue chegar aos 4,8%, mas permanece distante da coligação entre PCP e Os Verdes.

 

Também o PDR de Marinho e Pinto e o Livre/Tempo de Avançar registaram ligeiras descidas face a Junho. O partido de Marinho e Pinto alcança 2,5% das intenções de voto, enquanto o movimento encabeçado por Rui Tavares e Ana Drago se fica por 1,9% das intenções de voto.

 

Passos e Cavaco recuperam popularidade, mas Costa continua a ser o mais popular

 

Tanto o primeiro-ministro como o Presidente da República voltaram a recuperar em termos de popularidade. Passos Coelho e Cavaco Silva apresentam uma variação positiva de 2,4 pontos percentuais face à última sondagem, mas ambos permanecem com uma avaliação global em valores negativos.

 

Já o secretário-geral do PS, António Costa, subiu 1,7 pontos para um saldo positivo de 18,9 pontos, mantendo-se assim como o líder mais popular para os portugueses. Atrás de Costa surge Paulo Portas com uma avaliação global de 10 pontos.

 

Jerónimo de Susa, secretário-geral do PCP, apesar de ter sido o líder partidário a registar a maior descida (-1,2 pontos) face à sondagem de Junho, mantém um saldo positivo de 6,3 pontos. Também a porta-voz bloquista, Catarina Martins, mantém uma avaliação positiva de 2,4 pontos. 

Ver comentários
Saber mais Eurosondagem PS PSD CDS CDU BE PCP Os Verdes António Costa Cavaco Silva Passos Coelho Paulo Portas Jerónimo de Susa Catarina Martins
Mais lidas
Outras Notícias