Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Freitas do Amaral: Sócrates já devia ter assumido as suas culpas nesta crise

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de José Sócrates assume divergências ideológicas e de política económica com o antigo primeiro-ministro e afirma que este não “quis ficar para a História como o primeiro-ministro da austeridade”.

Eni e Amorim contra nomeação de Freitas do Amaral para Galp
Negócios 05 de Março de 2013 às 08:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 23
  • ...

Diogo Freitas do Amaral afirma numa entrevista concedida hoje ao "Diário Económico" que o País ainda não fez as pazes com José Sócrates. “Enquanto o País estiver a sofrer, pelo menos metade do país dirá que isto foi o estado em que ele nos deixou”.

 

Freitas do Amaral defende que o antigo primeiro-ministro já devia ter assumido as suas culpas nesta crise mas acrescenta que isso “não está no feitio dele”.

 

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de José Sócrates afirma ainda assim que prefere não falar sobre Sócrates e não revela se já fez as pazes com o antigo primeiro-ministro. “É uma pessoa com quem me dei muito bem, enquanto estive no Governo. Depois de sair tivemos muito boas relações durante dois a três anos, Até que, a certa altura, tivemos divergências” (…) “ideológicas” e “política monetária”, recorda Freitas do Amaral.

 

“Disse-lhe que não estava a tomar as medidas certas e que Portugal estava a afundar mas ele nunca quis acreditar. Afastei-me dele e escrevi-lhe uma carta no ano das eleições de 2009”. Nesta carta, Freitas do Amaral escreve a Sócrates "que a partir daquele momento não estaria com ele, mas que não iria usar isso contra ele".

 

Mais tarde, recorda o fundador do CDS, "quando ele formou um governo minoritário escrevi um artigo na 'Visão' a dizer mal de um Executivo minoritário numa altura daquelas, quando já era óbvio que era preciso cortar na despesa". "Ele não o quis fazer. Acho que não quis ficar para a História como o primeiro-ministro das austeridade", conclui Freitas do Amaral.     

Ver comentários
Saber mais José Sócrates Diogo Freitas do Amaral
Outras Notícias