Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo extingue regiões e pólos turisticos e cria cinco organismos novos

O governo, no âmbito da reorganização do turismo, decidiu exingir as actuais regiões e pólos turísticos, para dar origem a cinco organismos que irão agregar a promoção interna e externa, com base nas NUT II, adiantou Cecília Meireles, secretária de Estado do turismo.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 16 de Janeiro de 2012 às 14:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
“Havia sobreposição geográfica e pouca integração, o que trazia pouca eficácia”, detalhou Cecilia Meireles, que deu hoje conta das linhas gerais da reorganização das regiões de turismo.
Assim serão criados organismos para o Norte, Cenrto, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve, bem como para as Regiões Autónomas da Madeira e Açores.


Cecilia Meireles afiançou, em conferência de imprensa, que “esta reorganização permitirá gerar um poupança de 30%”, face ao orçamento de 20 milhões de euros. Quanto aos recursos humanos, a secretária de Estado afiançou que “não está em causa”, a redução de
pessoas.

O Governo prevê ter o novo quadro legislativo pronto em Março Abril, sendo que no final do primeiro semestre serão nomeadas as novas direcções que serão eleitas em Assembleia Geral que será ainda definida.

No entanto, Cecilia Meireles assegurou que as novas direcções terão apenas um executivo remunerado, menos dois do que acontece actualmente. Sem detalhar qual será o modelo de financiamento, a governante referiu que “haverá uma componente fixa e outra variavel”, sendo de sua intenção que as novas entidades “não tenham capacidade de endividamento”.

Existem actualmente sete Agências Regionais de Promoção Turística: Porto, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Madeira e Açores, as regiões turísticas de Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve - além de Madeira e Açores - e ainda os pólos turísticos Douro, Serra da Estrela, Leiria-Fátima, Oeste, Litoral Alentejano e Alqueva.
Ver comentários
Outras Notícias