Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo garante despartidarização das nomeações

O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, sublinhou ontem que a mudança com o novo modelo de recrutamento de dirigentes superiores será "substancial". "Não estamos a fazer esta alteração para ficar tudo na mesma", disse, defendendo que o modelo futuro (de pré-selecção por concurso) é muito mais exigente que o actual (de nomeação directa).

Aos jornalistas, o Governo confirmou a intenção de reservar aos ministros a possibilidade de recusar os três candidatos pré-seleccionados por concurso, uma possibilidade prevista no projecto de diploma, que o Negócios ontem noticiou. Mas desvalorizou o impacto desta norma: Hélder Rosalino afirmou que tem a expectativa de que o uso desta possibilidade seja residual, até pelo escrutínio que pode suscitar.


logo_empresas

Ver comentários
Saber mais nomeações Hélder Rosalino
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio