Política Governo quer CGD a “maximizar apoio às empresas, empreendedorismo e inovação”

Governo quer CGD a “maximizar apoio às empresas, empreendedorismo e inovação”

“Garantir que a CGD maximize o apoio ao tecido empresarial”. É esta a prioridade do Governo de Passos Coelho para o banco do Estado, que foi alvo de críticas do primeiro-ministro. O Executivo recorda a carta de missão.
Governo quer CGD a “maximizar apoio às empresas, empreendedorismo e inovação”
Cátia Barbosa/Negócios
Maria João Gago 06 de novembro de 2015 às 13:43

O Governo de Pedro Passos Coelho propõe-se "garantir que a Caixa Geral de Depósitos maximize o apoio ao tecido empresarial, com particular destaque para as empresas exportadoras e produtoras de bens e serviços transaccionáveis, bem como o empreendedorismo e a inovação, sobretudo nas PME".

 

O programa do Executivo, disponibilizado esta sexta-feira, 6 de Novembro, e que deverá ser chumbado pela maioria de esquerda na próxima semana, recorda que os objectivos traçados para o banco do Estado estão "em linha com a sua carta de missão". Um documento em que o anterior Governo definiu as linhas estratégicas da instituição liderada por José de Matos.

 

O programa de Governo não faz qualquer referência à necessidade de a Caixa reembolsar os 900 milhões de euros de apoio estatal que recebeu em Junho de 2012, tema que suscitou críticas por parte do primeiro-ministro no último Verão. Recorde-se que Passos Coelho, na Redacção Aberta do Negócios, assumiu estar "preocupado" com o facto de a CGD ainda não ter iniciado a devolução daquela ajuda que, pelas regras europeias, tem de ser liquidada até 30 de Junho de 2017.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI