Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo de Sousa: “Cada vez mais a vida justifica que este Governo seja demitido”

O secretário-geral do Partido Comunista Português foi ao Palácio de Belém pedir a dissolução da Assembleia da República e a convocação de eleições legislativas antecipadas.

Correio da Manhã
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 16 de Junho de 2014 às 12:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 44
  • ...

Jerónimo de Sousa acredita que a actual situação do País justifica um cenário de eleições legislativas antecipadas. Após um encontro com o Presidente da República, que durou cerca de 60 minutos, o secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) afirmou que "cada vez mais a vida justifica que este Governo seja demitido, que se dissolva a Assembleia da República". "A vida já demonstrou que por aqui não vamos lá", enfatizou.

 

Para o líder dos comunistas, o Governo "desencadeou um ataque que inclui chantagem ao Tribunal Constitucional". E citou o exemplo da conferência de líderes que aprovou – com os votos da maioria – um pedido de aclaração ao acórdão deste tribunal que chumbou três normas do Orçamento do Estado em vigor.

 

No final de Maio, o Tribunal Constitucional declarou que os novos cortes salariais impostos no Orçamento do Estado para 2014 violavam o princípio da igualdade. Foram também declarados inconstitucionais os cortes nas pensões de sobrevivência e subsídios de desemprego e doença.

 

Após esta decisão, o Governo pediu uma aclaração do acordo desta instituição. Um pedido que foi aprovado pelos partidos da maioria em conferência de líderes. Assim, e após esta aprovação, o PCP acusou, a 4 de Junho, que Governo e maioria de "capturar" a Assembleia da República (AR), forçando uma decisão em conferência de líderes, após o pedido de aclaração do último acórdão do Tribunal Constitucional (TC) pelo Executivo. Uma ideia que foi, assim, novamente frisada esta manhã no Palácio de Belém após o encontro com Cavaco Silva.

 

"Não considero que tenho o direito de falar pelo senhor Presidente da República", afirmou ainda Jerónimo de Sousa quando questionado, pelos jornalistas presentes, se tinha ficado com a ideia de que Cavaco Silva poderia partilhar da visão do PCP sobre a necessidade de eleições antecipadas.

Ver comentários
Saber mais Jerónimo de Sousa País Presidente da República secretário-geral do Partido Comunista Português PCP Assembleia da República Tribunal Constitucional Orçamento do Estado acórdão do Tribunal Constitucional Palácio de Belém Cavaco Silva política
Outras Notícias