Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

João Tiago Silveira: Não queremos disputar liderança do PS a Seguro

O ex-secretário de Estado da Presidência João Tiago Silveira afirmou esta segunda-feira que o grupo de socialistas que propõe abrir a eleição do secretário-geral a simpatizantes não pretende disputar a liderança a António José Seguro.

Lusa 22 de Abril de 2013 às 07:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

João Tiago Silveira é o primeiro subscritor de um documento que, entre outras ideias, pretende consagrar a existência de eleições primárias abertas aos simpatizantes na escolha do secretário-geral do PS.

 

Em declarações à agência Lusa, João Tiago Silveira disse que, apesar de o conjunto de subscritores do documento requerer a discussão desta proposta já no próximo congresso do PS (entre sexta-feira e domingo, em Santa Maria da Feira), a ideia é que apenas entre em vigor "no futuro", ou seja, após as próximas eleições legislativas.

 

"As nossas propostas não têm qualquer implicação na recente eleição do secretário-geral do PS. Não queremos disputar a liderança do PS a António José Seguro", frisou o ex-membro dos governos de José Sócrates e ex-porta-voz socialista.

 

João Tiago Silveira referiu que o seu grupo pediu ao secretário-geral do PS, através de um carta aberta, para abrir a discussão da alteração estatutária no congresso do PS, admitindo que a votação das propostas seja remetida para a futura Comissão Nacional, a eleger no congresso de Santa Maria da Feira.

 

"Pensamos que há um crescente afastamento dos cidadãos e até de desconfiança em relação aos partidos políticos e, por isso, apresentamos agora um contributo para responder a essa situação. Porém, para tal, é preciso que este congresso agende já um ponto dedicado a essa discussão", justificou o ex-dirigente socialista.

 

O ex-secretário de Estado da Presidência declarou ainda que o seu grupo está disponível para que as propostas sejam alvo "de aperfeiçoamentos e de alterações".

 

"Temos toda a abertura para as adaptar. Não temos uma visão fundamentalista", salientou.

 

A ideia de mudar os estatutos do PS para permitir que o secretário-geral seja escolhido em eleições primárias abertas a cidadãos independentes foi primeiro lançada por Álvaro Beleza (actual membro do Secretariado Nacional) em 1992, quando disputou a liderança do partido com Jorge Sampaio e António Guterres.

 

Depois, esta mesma proposta foi retomada há dois anos na âmbito da moção de orientação estratégica apresentada pelo ex-líder parlamentar socialista Francisco Assis, mas foi derrotada no congresso de Braga em Setembro de 2011.

Ver comentários
Saber mais João Tiago Silveira PS António José Seguro política
Outras Notícias