Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD e PS retiram proposta que repunha subvenções vitalícias

"Foi esta maioria que suspendeu as subvenções vitalícias. É por esta maioria que elas não serão repostas", afirmou Nuno Magalhães, líder da bancada parlamentar do CDS.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 21 de Novembro de 2014 às 10:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 282
  • ...

O PSD e o PS retiraram a proposta que repunha subvenções vitalícias para políticos, depois de na quinta-feira, os dois partidos terem aprovado a reposição destas subvenções.

 

A proposta de reposição das subvenções vitalícias foi apresentada por José Lello (PS) e Couto dos Santos (PSD), e tinha como intuito acabar com a suspensão do pagamento das pensões vitalícias a ex-políticos. A proposta foi a votos na quinta-feira, 20 de Novembro, no Parlamento, no âmbito da discussão do Orçamento do Estado para 2015. E a votação mereceu os votos favoráveis do PSD e do PS, tendo o PCP e o Bloco de Esquerda votado contra. Já o CDS absteve-se. 

 

"Em nome do bom senso os proponentes da proposta 524-C pedem para que seja retirada", disse o deputado social-democrata Couto dos Santos, citado pela Lusa, logo no reinício dos trabalhos em plenário de discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2015.

 

"Foi esta maioria que suspendeu as subvenções vitalícias. É por esta maioria que elas não serão repostas", afirmou Nuno Magalhães, líder da bancada parlamentar do CDS. "Creio que [a decisão] veio ao encontro ao sentimento do país", salientou. 

 

A proposta tinha assim merecido os votos favoráveis do PS e do PSD, sendo que o Bloco de Esquerda, o partido que mais opôs à reposição destas subvenções, tinha entregue ainda ontem na mesa da Assembleia da República uma proposta para que esta matéria voltasse a ser votada em plenário. 

 

Em causa está uma proposta para anular a suspensão das subvenções mensais vitalícias atribuídas a ex-titulares de cargos políticos com rendimentos mensais médios superiores a 2.000 euros, e que foi introduzida em 2014.

 

(Notícia actualizada às 11h com mais informação)

Ver comentários
Saber mais subvenções vitalícias CDS PSD PS Orçamento do Estado
Outras Notícias