Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maioria dos gregos acredita que vai ficar no euro

Uma nova sondagem mostra que 45,2% dos gregos acreditam que a saída do euro é possível, contra 47,4% que pensam o contrário. Certo é que 81,5% dos entrevistados pensa que a Grécia deve continuar na União Europeia.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
As próximas eleições podem decidir a permanência da Grécia na Zona Euro. Essa é a ideia do líder do partido conservador Nova Demoracia, Antonis Samaras. Uma sondagem, hoje divulgada, mostrou que os gregos estão divididos na resposta a esta pergunta.

Cerca de 47,4% dos entrevistados numa sondagem pelo instituto Marc para o jornal Ethnos, citado pela agência Bloomberg, não acreditam numa saída da Grécia da Zona Euro.

A opinião contrária é assumida por 45,2% dos gregos que responderam a esta sondagem, indica a Bloomberg.

O que é certo é que a mesma sondagem mostra que os gregos pensam que o futuro passa pela continuidade na União Europeia.

O novo estudo de opinião – que refere a permanência na UE e não na Zona Euro – segue-se a outras sondagens cujos resultados apontavam para o facto de mais de dois terços dos gregos quererem manter-se na Zona Euro.

A questão sobre se a Grécia abandona ou fica na união monetária começou a ser colocada pouco depois das eleições a 6 de Maio, quando os gregos não atribuíram um mandato claro aos partidos para poderem liderar, com ampla aprovação parlamentar, um governo.

As dificuldades em formar um governo de coligação e as sondagens, que foram sendo divulgadas, que dão a vitória à Coligação da Esquerda Radical, o Syriza – que se opõe à austeridade e pretende rasgar o plano de resgate europeu –, intensificaram os receios de que a Grécia poderá acabar por abandonar a união monetária.

Os gregos vão voltar às urnas a 17 de Junho para decidir a nova constituição parlamentar, pouco mais de um mês depois de lá se terem dirigido. E, como diz Samaras, podem acabar por decidir se querem, ou não, o euro.

Na Europa, os líderes políticos continuam a defender que querem que Atenas continue a ser uma das 17 capitais do euro, mas dizem, também, que essa é uma decisão que cabe aos gregos.

(Título alterado às 14h09)

Ver comentários
Saber mais Grécia euro Atenas União Europeia UE
Mais lidas
Outras Notícias