Política Marcelo compara Passos a um clube amador e Portas a um clube profissional

Marcelo compara Passos a um clube amador e Portas a um clube profissional

Ex-líder do PSD considera que o ministro das Finanças “está a ser derrotado pelo bom senso, pela realidade económica, pela realidade social”.
Marcelo compara Passos a um clube amador e Portas a um clube profissional
Negócios 06 de maio de 2013 às 00:29

Marcelo Rebelo de Sousa considerou esta noite, no habitual comentário na TVI, que as explicações de Paulo Portas ao país sobre as novas medidas de austeridade foram melhores do que as do primeiro-ministro.

 

“Não sei se há dois Governos, mas há pelo menos dois porta-vozes políticos do Governo, que têm discursos diferentes. E, para mim, o mais doloroso é que o discurso do líder do CDS é bem melhor que o do líder do meu partido. Um é televisão a cores e outro a preto e branco”, afirmou Marcelo.

Apesar de considerar que “Passos Coelho fez um discurso melhor que todos os outros que fez”, Marcelo assinala que o discurso de Portas “não tem comparação. É comparar um clube profissional com um amador”.

 

Marcelo considera que o ministro das Finanças está a perder influência no Governo. “Gaspar está fragilizado. O Gaspar de hoje não é o Gaspar de há dois anos. O Gaspar de hoje é o que perde várias batalhas fundamentais dentro do Governo. Não direi que é um leão moribundo mas é um leão muito ferido, calcado”.

 

“Há uma linha no Governo que está a subir, que é Portas e o CDS além de outros do PSD, e há outra que está a descer, que é Vítor Gaspar. Na cabeça das pessoas quem manda é o Gaspar e o Passos Coelho faz o que ele quer. Já não é assim. O que Gaspar quer é muitas coisas, está a ser derrotado pelo bom senso, pela realidade económica, pela realidade social”, afirmou o professor, na TVI.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI