Política Marcelo diz que perante repetição de incêndios de 2017 teria dissolvido parlamento

Marcelo diz que perante repetição de incêndios de 2017 teria dissolvido parlamento

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta segunda-feira que, caso os incêndios de 2017 se tivessem repetido, teria dissolvido a Assembleia da República.
Marcelo diz que perante repetição de incêndios de 2017 teria dissolvido parlamento
Lusa 11 de março de 2019 às 21:12

"Eu não escondo que foi a única circunstância que me levou a dizer aquilo que eu disse e que, traduzido em miúdos, é que se, no ano seguinte, houvesse uma situação idêntica haveria dissolução do parlamento", disse o chefe de Estado.

 

Em entrevista à TVI, a propósito do terceiro aniversário da sua tomada de posse como Presidente da República, que se assinalou no sábado, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que perante os incêndios de 2017, na sequência dos quais morreram mais de 100 pessoas, a população considerou que o poder político estava desligado da realidade.

 

"Entendi que a maioria esmagadora dos portugueses olhava para o poder político dizendo 'eles descolaram da realidade, eles não estão a perceber que não podem morrer impunemente mais de 100 pessoas e não haver uma mudança de vida'", sustentou.

 

De acordo com Marcelo, perante os incêndios de junho e outubro de 2017, "as leituras" do Presidente e as do Governo "não foram coincidentes no tempo sobre a realidade".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI