Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo garante: "Não haverá razões políticas" que impeçam o crescimento de Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou esta terça-feira a certeza, perante empresários portugueses e mexicanos, de que Portugal vai crescer nos próximos anos e assegurou que nenhum factor político ou institucional impedirá esse crescimento.

Bruno Simão/Negócios
Lusa 18 de Julho de 2017 às 16:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...
Salientando que "todas as análises de crise e todas as decisões sobre a crise passam pelo Presidente da República", o Chefe de Estado assegurou que "não haverá razões institucionais que limitem a capacidade de crescimento".

"Quando eu digo não haverá, não haverá", repetiu Marcelo Rebelo de Sousa, que falava na abertura do seminário económico "México e Portugal - uma viagem em comum", num hotel capital mexicana.

Sobre a actual situação portuguesa, o Presidente da República afirmou que "Portugal vai crescer no futuro próximo".

Depois, questionou se "haverá algum factor político ou institucional na vida portuguesa que instabilize a situação económica, impedindo o crescimento", e referiu que "aí, como compreendem, o Presidente da República tem uma autoridade peculiar".

"E a posição do Presidente da República é a mesma desde o início do mandato: não há razões políticas, por fortes que sejam, que justifiquem a criação de instabilidade num processo tão sensível como é o financeiro, o bancário, e o do crescimento económico português. E, portanto, não haverá. Quando eu digo não haverá, não haverá", acrescentou.
Ver comentários
Saber mais política Marcelo Rebelo de Sousa Presidente da República conjuntura economia
Outras Notícias