Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo sobre Salgado: "É muito raro ter cortes de relações com os meus amigos. Continuo amigo"

"Se houver alguma incompatibilidade entre amizade e funções, sacrifico a amizade", disse o candidato presidencial esta noite, em entrevista à SIC, quando questionado sobre a sua amizade com o antigo banqueiro que comandou os destinos do BES.

Miguel Baltazar/Negócios
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 07 de Dezembro de 2015 às 23:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

Marcelo Rebelo de Sousa frisou esta segunda-feira à noite, em entrevista à SIC, que continua amigo de Ricardo Salgado e que "é muito raro ter cortes de relações com os meus amigos".


"A amizade não deve ter a ver com independência. Nunca trabalhei para Ricardo Salgado nem para o Grupo Espírito Santo [GES]. Nem um parecer, nada.", acrescentou.


Recordou ainda que "quando ninguém abriu a boca para atacar Ricardo Salgado, eu ataquei" e deu um exemplo: "quando [Salgado] era o ‘Dono Disto Tudo’, utilizando a expressão que se consensualizou, fui das poucas pessoas a atacar Ricardo Salgado", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, aludindo a uma votação na Câmara Municipal de Lisboa que considerou, na altura, ser um favor ao GES.


E não foi a única vez. Sempre que achou que algo não estava bem, criticou. O que levou a que por duas vezes tivesse havido um afastamento entre ambos. "Mas a amizade superou isso", garantiu.


O professor na Faculdade de Direito de Lisboa quis ainda deixar claro que se alguma vez houver alguma incompatibilidade entre amizade e funções, "sacrifica-se, não a amizade, mas manifestações de amizade".

Ver comentários
Saber mais Marcelo Rebelo de Sousa Presidente da República política Ricardo Salgado
Mais lidas
Outras Notícias