Política Montenegro: "Está a ser trilhado um caminho que vai levar o PSD ao desastre eleitoral"

Montenegro: "Está a ser trilhado um caminho que vai levar o PSD ao desastre eleitoral"

Candidato à liderança do PSD marcou presença no CM Jornal das 19h45.
A carregar o vídeo ...
Correio da Manhã 15 de janeiro de 2019 às 20:41

Luís Montenegro, que na passada sexta-feira desafiou o líder do PSD a ir a eleições e disputar diretas, chegou a deputado aos 29 anos e foi, durante os anos da 'troika', o rosto do Governo de Passos Coelho no parlamento.

Em entrevista à CMTV, Montenegro afirmou que "está a ser trilhado um caminho que vai levar o PSD ao desastre eleitoral" e negou ter sede de poder como tem sido acusado.

Sobre a sua posição, o deputado referiu que "disse em voz alta o que quase todos dizem em voz baixa no PSD" e que não vai adjetivar a sua conduta pois foi uma decisão muito ponderada.

O rosto do Governo de Passos Coelho sublinhou ainda o facto de o partido estar enfraquecido e que a sua posição "permite que os militantes do PSD possam ser auscultados".  

"Tenho-me mantido silencioso perante os ataques pessoais que me têm sido remetidos", afirmou o deputado, dizendo que 'não lhe serviu a carapuça' da sede de poder. 

Luís Montenegro caracterizou ainda o seu projeto político: "Tenho um projeto político que está à direita do Partido Socialista". 

Sobre a atitude o atual líder do PSD, o deputado não tem dúvidas de que este "teve uma atitude divisionista no PSD".






pub

Marketing Automation certified by E-GOI