Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nice: Governo não exclui que possa haver luso-franceses entre as vítimas

Secretário de Estado das Comunidades admite no entanto que possa haver luso-franceses que, por terem nacionalidade francesa, sejam contabilizadas como francesas entre as vítimas do ataque de ontem.

Reuters
Lusa 15 de Julho de 2016 às 11:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Governo português indicou esta sexta-feira, 15 de Julho, que até ao momento não há portugueses entre as vítimas do atentado de Nice, embora possa haver pessoas com dupla nacionalidade que estejam a ser contabilizadas como francesas.

Em declarações à Lusa, fonte da secretaria de Estado das Comunidades explicou que até ao momento todas as informações disponíveis indicam que não há portugueses entre as vítimas.

A mesma fonte admitiu, no entanto, que possa haver luso-franceses que, por terem nacionalidade francesa, sejam contabilizadas como francesas.

Na quinta-feira, o secretário de Estado da Comunidades, José Luís Carneiro, disse à agência Lusa que há cerca de 10 mil portugueses em Nice.

O responsável assegurou que o Governo português está a acompanhar a situação em Nice e está em contacto com as autoridades francesas.

"Queremos transmitir a todos aqueles que tenham familiares em Nice que a Secretaria de Estado da Comunidades e o Ministério dos Negócios Estrangeiros estão a acompanhar, em contacto com as autoridades consulares em Marselha e em Nice, e em diálogo com as autoridades francesas e assim que houver informação será disponibilizada", afirmou o secretário de Estado.

Segundo o secretário de Estado, a informação será disponibilizada pelo consulado-geral de Marselha, pelo consulado de Nice e na página na Internet da Secretaria de Estado das Comunidades.

"Estamos em contacto directo com o nosso consulado-geral em Marselha, que por sua vez está em contacto com o nosso consulado honorário (em Nice), que está em contacto com a prefeitura da região de Marselha e nos está a dar informação sobre o que está a acontecer e todos os dados objectivos que é possível, neste momento, ter", afirmou José Luís Carneiro.

O atentado em Nice, sul de França, na quinta-feira à noite, fez pelo menos 84 mortos e mais de 100 feridos, 18 dos quais continuam em estado considerado crítico, segundo o balanço mais recente do Governo francês.

Um homem lançou um camião sobre uma multidão na avenida marginal da cidade de Nice, a Promenade des Anglais, que na quinta-feira assistia a um fogo-de-artifício para celebrar o dia nacional de França.

As autoridades francesas consideram estar perante um atentado terrorista e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.
Ver comentários
Saber mais Governo José Luís Carneiro Secretaria de Estado da Comunidades Ministério dos Negócios Estrangeiros Presidente da França questões sociais política
Mais lidas
Outras Notícias