Política Nomes do próximo Governo vão ser conhecidos ainda hoje

Nomes do próximo Governo vão ser conhecidos ainda hoje

A habitual reunião semanal entre Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa foi antecipada para o final desta tarde, ocasião em que o primeiro-ministro indigitado dará a conhecer o novo elenco governativo ao Presidente da República. Depois do encontro, e a menos que Marcelo levante alguma objeção a um dos nomes propostos, o que se afigura improvável, a presidência dará a conhecer a composição do futuro Governo.
Nomes do próximo Governo vão ser conhecidos ainda hoje
Lusa
David Santiago 15 de outubro de 2019 às 17:20

Os nomes que vão integrar o próximo Governo da República deverão ser conhecidos ainda esta terça-feira, apurou o Negócios. O primeiro-ministro indigitado, António Costa, vai dar a conhecer as suas propostas para o próximo elenco governativo na reunião semanal com o Presidente da República que foi antecipada para as 18:15 desta tarde.

A menos que Marcelo Rebelo de Sousa se oponha a algum, ou alguns, dos nomes apresentados pelo secretário-geral do PS, hipótese pouco provável nesta fase, será a própria Presidência da República a revelar, ainda hoje, a próxima equipa liderada por António Costa, sabe o Negócios.

Realizada habitualmente à quinta-feira, a reunião semanal entre o primeiro-ministro e o Presidente da República foi antecipada dado que amanhã António Costa parte para Bruxelas, onde nos próximos dias 17 e 18, vai participar no Conselho Europeu destinado a tentar fechar o processo do Brexit e a debater o próximo orçamento de longo prazo da União Europeia. 

Desta forma, tanto Costa como Marcelo poderão cumprir o objetivo mútuo de agilizar o processo relativo à formação do novo Governo e, assim, dar início à nova legislatura o mais rápido possível. 

De acordo com as informações recolhidas pelo Negócios, o objetivo de São Bento e Belém passa pela possibilidade de, no mesmo dia, tomarem posse os deputados eleitos nas legislativas de 6 de outubro durante a manhã para, já da parte da tarde, entrar formalmente em funções o novo Executivo. 

Para amanhã, 16 de outubro, está prevista a contagem final dos votos oriundos dos círculos da emigração, sendo muito provável que esses quatro mandatos sejam distribuídos entre PSD e PS. Uma vez publicados, em Diário da República, os resultados finais das últimas eleições, decorre um prazo de até três dias para que a nova Assembleia da República tome posse. Tudo aponta para que tal suceda nos primeiros dias da próxima semana, sendo que o dia 23 surge como a data mais provável. 

(Notícia atualizada às 17:33)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI