Política Partidos do Governo sobem nas intenções de voto mas o PS mantém liderança

Partidos do Governo sobem nas intenções de voto mas o PS mantém liderança

As duas forças partidárias que formam a coligação de Governo conseguiram subir na sondagem da Eurosondagem. O PS apesar de uma ligeira descida continua a liderar as intenções de voto. Os partidos mais à esquerda apresentam variações inversas: PCP sobe enquanto o BE desce.
Partidos do Governo sobem nas intenções de voto mas o PS mantém liderança
Paulo Duarte/Negócios
David Santiago 14 de março de 2014 às 16:25

A última sondagem da Eurosondagem para a “Sic” e o “Expresso” mostra que os dois partidos do Governo, PSD e CDS, mantêm a tendência de crescimento revelada na última sondagem feita por esta empresa. O PSD sobe 1 ponto percentual para 26,6% das intenções de voto e o CDS cresce 0,7 para 8,4%, numa altura em que se aproxima o final do programa de ajustamento.

 

Apesar desta subida, se as eleições fossem hoje realizadas, os partidos da coligação do Governo não conseguiriam, juntos, superar o resultado dos socialistas.

 

Mesmo mantendo a posição de força política com maior preferência junto dos eleitores, o PS desce 0,3 pontos para 36,6% das intenções de voto. Já a CDU mantém a tendência de crescimento registada nas últimas sondagens e estabiliza enquanto terceira maior força partidária no quadro político português.

 

A coligação liderada por Jerónimo de Sousa consegue subir 0,6 pontos para 11,1%. Por outro lado, o Bloco de Esquerda regista nova quebra nas intenções de voto depois de na última sondagem ter registado um crescimento de 0,4 pontos. Desta feita os bloquistas registam uma descida ligeira de 0,1 pontos para 6,9%.

 

Em relação aos índices de popularidade o destaque vai para o Presidente da República, Cavaco Silva, que apresenta a maior variação positiva entre os principais protagonistas do panorama político nacional. Cavaco sobe 3,4 pontos e aproxima-se do secretário-geral socialista, António José Seguro, que continua a ser o líder partidário mais popular para os portugueses.

 

Nesta sondagem verifica-se que entre os líderes partidários apenas a dupla directiva do BE apresenta uma variação negativa. Os dois coordenadores do Bloco, João Semedo e Cataria Martins, descem 1 ponto.

 

Seguro sobe 1,2 pontos, Pedro Passos Coelho, líder social-democrata, sobe 1,5 pontos, Paulo Portas, presidente do CDS, cresce 1,9 pontos e Jerónimo de Sousa aumenta 0,2 pontos.

 

Entre as principais personagens políticas apenas Pedro Passos Coelho e a dupla do BE mantêm uma avaliação global, em termos de popularidade, negativa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI