Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos acusa Costa de "ataque descabelado" ao Governador do Banco de Portugal

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou o primeiro-ministro, António Costa, de fazer um "ataque descabelado" e inédito ao Banco de Portugal e de governar com falta de cultura democrática.

13 de Outubro - Por agora, não ficou agendado mais nenhum encontro entre a coligação e o Partido Socialista.
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 19 de Fevereiro de 2016 às 14:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

"Nada justifica o ataque institucional declarado a uma entidade independente por parte de um Governo que sabe que, para conduzir a estratégia de desnorte em que mergulhou, precisa de comandar tudo e ter quem lhe obedeça, e quem discordar, a bem ou a mal, tem de mudar", criticou presidente do PSD.

 

Passos Coelho, que falava no encerramento das jornadas parlamentares do PSD, em Santarém; acrescentou: "Isto não é uma democracia com os pesos e contrapesos que são necessários, com a divisão de poderes que é necessária, com a limitação das competências que são necessárias a uma sociedade plural e equilibrada. Nós vamos ouvindo, à medida que os meses passam, várias manifestações desta falta de cultura democrática".

Na quinta-feira o ex-primeiro-ministro já tinha criticado António Costa, classificando de "graves" as palavras proferidas sobre o Governador do Banco de Portugal. 


Passos Coelho: Conflito entre António Costa e Carlos Costa é grave
A carregar o vídeo ...
O anterior primeiro-ministro, que decidiu a recondução de Carlos Costa como governador do Banco de Portugal, não se quis alongar sobre as críticas de António Costa ao regulador. Mas afirma que os factos são "graves".



 

 

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho PSD António Costa Carlos Costa Governador do Banco de Portugal
Mais lidas
Outras Notícias