Política Passos acusa Costa de "ataque descabelado" ao Governador do Banco de Portugal

Passos acusa Costa de "ataque descabelado" ao Governador do Banco de Portugal

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou o primeiro-ministro, António Costa, de fazer um "ataque descabelado" e inédito ao Banco de Portugal e de governar com falta de cultura democrática.
Passos acusa Costa de "ataque descabelado" ao Governador do Banco de Portugal
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 19 de fevereiro de 2016 às 14:02

"Nada justifica o ataque institucional declarado a uma entidade independente por parte de um Governo que sabe que, para conduzir a estratégia de desnorte em que mergulhou, precisa de comandar tudo e ter quem lhe obedeça, e quem discordar, a bem ou a mal, tem de mudar", criticou presidente do PSD.

 

Passos Coelho, que falava no encerramento das jornadas parlamentares do PSD, em Santarém; acrescentou: "Isto não é uma democracia com os pesos e contrapesos que são necessários, com a divisão de poderes que é necessária, com a limitação das competências que são necessárias a uma sociedade plural e equilibrada. Nós vamos ouvindo, à medida que os meses passam, várias manifestações desta falta de cultura democrática".

Na quinta-feira o ex-primeiro-ministro já tinha criticado António Costa, classificando de "graves" as palavras proferidas sobre o Governador do Banco de Portugal. 

A carregar o vídeo ...



 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI