Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos: "Fico muito satisfeito por ter sido esta a pasta atribuída a Carlos Moedas"

Antes de assumir o cargo em Novembro, o antigo secretário de Estado adjunto de Passos Coelho ainda vai ter que obter luz verde do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu.

Bruno Simão/Negócios
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 20:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

O Governo congratulou-se com a escolha de Carlos Moedas para o cargo de comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação.

 

"É importante para Portugal uma pasta com esta importância, numa área transversal da política europeia e que tem meios directos próprios de intervenção", afirmou Pedro Passos Coelho esta quarta-feira, 10 de Setembro.

 

"Tive a oportunidade de falar por mais do que uma vez com o presidente Juncker. Esta era uma das nossas prioridades. É uma feliz coincidência que me deixa satisfeito. Satisfação que tenho por ter sido esta a pasta atribuída", disse.

 

O primeiro-ministro destacou que a escolha do colégio de comissários foi feita por Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, e que não existe nenhuma negociação sobre quem vai ocupar determinada pasta.

 

Esta pasta é assim "decisiva para o crescimento económico e para a geração de emprego mais qualificado".

 

"Creio que a escolha do presidente da Comissão depois de ter entrevistado os candidatos, só nos pode deixar orgulhosos de ver que o valor de Carlos Moedas foi reconhecido para liderar" esta pasta", sinalizou Passos Coelho.

 

Antes de assumir o cargo em Novembro, o antigo secretário de Estado adjunto de Passos Coelho ainda vai ter que obter luz  verde do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu, o mais alto órgão da Comissão Europeia, composto pelos líderes dos 28 estados-membros e pelo presidente Herman Van Rompuy.

Ver comentários
Saber mais Passos Coelho Carlos Moedas Governo troika Comissão Europeia Jean-Claude Juncker
Mais lidas
Outras Notícias