Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Macedo terá acusado equipa das Finanças de ter contas “pouco sérias”

Segundo avança o “Correio da Manhã”, o ministro da Saúde terá entrado em desacordo com a ministra das Finanças na reunião do Conselho de Ministros.

43.º - Paulo Macedo
Ministro da Saúde tem grande influência em todo este sector - e também dentro do Governo.
Negócios 15 de Outubro de 2013 às 09:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, terá chamado a atenção para a imprecisão das contas do governo no último Conselho de Ministros, segundo avança o “Correio da Manhã”, na edição desta terça-feira.

 

Na reunião, que se realizou entre as 10h00 de domingo e as 3h00 de segunda-feira, o antigo director-geral dos impostos, acusou a equipa de Maria Luís Albuquerque de ter levado para o Conselho de Ministros contas “pouco sérias” sobre as poupanças geradas pelos cortes no Estado e o cumprimento da meta de redução da despesa pública em 2014.

 

O tema das taxas a aplicar aos sectores não transacionáveis também terá gerado discórdia. De acordo com a mesma fonte, a decisão de Moreira da Silva de obrigar o sector energético a pagar uma contribuição adicional foi rejeitada por Paulo Macedo, que sugeriu um aumento da taxa especial a aplicar ao passivo dos bancos. Uma sugestão que, segundo o “Correio da Manhã”, a ministra Maria Luís Albuquerque recusou.  

Ver comentários
Saber mais Paulo Macedo Maria Luís Albuquerque
Mais lidas
Outras Notícias