Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PCP: Renúncia de Nobre confirma "boas razões" para "chumbo" como presidente da AR

O líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, considerou hoje que a renúncia ao mandato de deputado apresentada por Fernando Nobre "confirma as boas razões para que não tivesse sido eleito" presidente do Parlamento.

Lusa 04 de Julho de 2011 às 19:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Bernardino Soares (na foto) disse hoje à agência Lusa que a decisão do cabeça de lista do PSD por Lisboa nas últimas legislativas confirma que Nobre "apenas quis aproveitar a Assembleia da República (AR) e a presidência da AR para as suas próprias ambições políticas e pessoais".

"Este anúncio da decisão de Fernando Nobre de abandonar o Parlamento só confirma as boas razões para que não tivesse sido eleito Presidente da Assembleia da República e também acentua as responsabilidades do PSD na forma como conduziu este processo e quis eleitoralmente aproveitar esta situação", disse.

O abandono de Fernando Nobre demonstra ainda que o presidente da AMI "nunca esteve interessado em exercer o mandato de deputado", no entender do deputado comunista.

"Apenas quis aproveitar a Assembleia da República e a presidência da AR para as suas próprias ambições políticas e pessoais e é bem verdade que este comportamento desmascara o discurso populista que Fernando Nobre teve nos últimos tempos de tratar os partidos como todos iguais (...). Esse discurso de Fernando Nobre, pela sua própria atitude também hoje ficou desmascarado", enfatizou.

O cabeça de lista do PSD por Lisboa nas últimas legislativas, Fernando Nobre, apresentou na sexta-feira a renúncia ao mandato de deputado, confirmou hoje à agência Lusa o secretário da mesa da Assembleia da República, Duarte Pacheco.

O ex-candidato à presidência da República encabeçou a lista do PSD por Lisboa e foi o primeiro nome escolhido pelos sociais-democratas para presidente da Assembleia da República, tendo falhado por duas vezes a eleição e desistido de ir a uma terceira votação.

Ver comentários
Saber mais Fernando Nobre Bernardino Soares Parlamento
Outras Notícias