Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pires de Lima pede compromisso e maturidade política no rescaldo eleitoral

O ministro da Economia, António Pires de Lima, pediu hoje, no rescaldo das eleições autárquicas, que se entre numa "fase de compromisso", apelando ao "bom senso, maturidade política e cooperação institucional" até ao final do programa de ajuda externa.

Bruno Simão/Negócios
Lusa 30 de Setembro de 2013 às 12:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 25
  • ...

"Espero muito sinceramente que no rescaldo das eleições de ontem [domingo] - que são sempre momentos que originam naturais tensões políticas, que são compreensíveis -- possamos agora entrar diferente, numa fase de compromisso, numa fase de atenção ao essencial que é a recuperação da nossa economia", disse o ministro da Economia na assinatura do Protocolo de Colaboração para a formalização da Linha de Apoio à Consolidação Financeira.

 

Na opinião de Pires de Lima, que falava nesta sessão no Porto, "o país pede e exige" que quer Governo, quer oposição, apesar dos papéis "diferentes" que desempenham, consigam "encontrar caminhos convergentes, caminhos de compromisso".

 

"É necessário assegurar nestes nove meses que faltam, que bom senso e maturidade política, o sentido de cooperação institucional permita a Portugal atingir a meta em Julho de 2014", apelou.

 

O ministro da Economia sublinhou que "todos os portugueses estão interessados" num "último esforço necessário" para Portugal concluir o programa de assistência e financeira em Julho de 2014.

 

"A economia está a ajudar e a disponibilidade do Ministério da Economia é total para o compromisso com políticas públicas de médio e longo prazo, que tragam estabilidade e previsibilidade aos agentes económicos", garantiu.

 

Pires de Lima reiterou a necessidade de Portugal "definitivamente entrar num ciclo virtuoso de crescimento económico".

Ver comentários
Saber mais Pires de Lima
Outras Notícias