Política Poiares Maduro: “Temos de discutir mais políticas públicas e menos tácticas políticas”

Poiares Maduro: “Temos de discutir mais políticas públicas e menos tácticas políticas”

O ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, reconheceu esta terça-feira na abertura da conferência do Instituto Português de Corporate Governance que “temos de discutir mais políticas públicas e menos tácticas políticas”, o que deverá acontecer no contexto da “necessidade de melhorarmos profundamente a cultura das nossas instituições”.
Poiares Maduro: “Temos de discutir mais políticas públicas e menos tácticas políticas”
Bruno Simão/Negócios
Miguel Prado 09 de julho de 2013 às 11:51

Na sua intervenção na conferência do IPCG, o governante sublinhou que “a política tem que simplificar o que é complexo” de modo a ser discutida por todos no espaço público. No entanto, realçou Poiares Maduro, as mensagens não podem ser falsificadas porque senão não se trata de política mas sim de populismo.

 

Miguel Poiares Maduro referiu ainda que “a crítica não pode ser entendida como um impedimento ao consenso”, sendo esse consenso “um instrumento de qualquer política”.  Para o ministro do Desenvolvimento Regional, o “respeito pela política exige respeitar os mecanismos democráticos”. “Sem uma melhor cultura política as reformas que defendemos serão mais difíceis”, concluiu o ministro.  

 

Na mesma conferência, o presidente do IPCG, Pedro Rebelo de Sousa, defendeu que “precisamos de mais integridade, enquanto capacidade de assumirmos as nossas responsabilidades”. Numa mensagem que o próprio Rebelo de Sousa assumiu ter uma conotação como actual crise política em Portugal.

 

“Assim como nós [nas empresas] tentamos defender que a liberdade deve andar de mãos dadas com a responsabilidade, devemos solicitar à classe política que faça o mesmo”, declarou Pedro Rebelo de Sousa ao Negócios.   




pub

Marketing Automation certified by E-GOI